Eleição dos melhores pilotos da F1 2022 – confira as notas da primeira parte da temporada

F1
Foto: Divulgação/Internet

A eleição dos melhores pilotos da F1 2022 foi anunciada. As notas são atualizadas no site e nas redes sociais da Formula 1 após cada corrida. Normalmente a divulgação das notas não agrada grande parte do público, que muitas vezes tem uma opinião diferente baseada no desempenho da última prova.

As notas que elegem os melhores pilotos da F1 2022 ficam a cargo de 5 juízes que dão notas entre 0 e 10 para cada piloto após cada prova, desconsiderando propriamente o carro que ele está pilotando e sim o seu desempenho como piloto. A partir disso, é feita a média e o ranking com o Top10 da F1 é divulgado. Passadas as primeiras corridas de 2022, vejamos como ficou o ranking dos melhores pilotos da F1 2022:

 Homem olhando para o lado

Descrição gerada automaticamente Max Verstappen: 8.8

Homem de uniforme e chapéu

Descrição gerada automaticamente Charles Leclerc: 8.3

Desenho de um homem

Descrição gerada automaticamente com confiança média George Russell: 8.0

Desenho de um homem

Descrição gerada automaticamente Lewis Hamilton: 7.9

Desenho de um homem

Descrição gerada automaticamente com confiança média Lando Norris: 7.7

Homem de terno azul

Descrição gerada automaticamente Fernando Alonso: 7.5

Homem com chapéu

Descrição gerada automaticamente Carlos Sainz: 7.3

Homem de terno e gravata olhando para o lado

Descrição gerada automaticamente  Sergio Pérez: 7.3

Pessoa posando para foto em fundo azul

Descrição gerada automaticamente Esteban Ocon: 7.1

Homem com a boca aberta

Descrição gerada automaticamente com confiança média Kevin Magnussen: 7.0

Leia Também: Sebastian Vettel anunciou sua aposentadoria

Como esperado, a briga pelo topo do ranking está alinhada com a briga pela liderança da temporada, com Max Verstappen e Charles Leclerc na ponta. Max Verstappen foi avançando no campeonato e no ranking até assumir a liderança com o resultado do Gp do Canadá. A partir de então, Max vem aumentando a sua distância para o segundo colocado a cada etapa que passa.

Curiosamente, nenhum de seus companheiros de equipe está na terceira posição, e de fato Carlos Sainz e Sergio Pérez empatam em sétimo lugar, depois que o espanhol conseguiu entrar nesse top 10 nas últimas corridas.

Como na tabela ‘real’, a Mercedes ficou atrás dos dois primeiros e, de fato, Lewis Hamilton já está apenas um décimo atrás do companheiro de equipe, George Russell.  Um total de seis equipes aparecem nos 10 primeiros lugares.

Destaque para o sexto lugar de Fernando Alonso. A F1 valorizou o trabalho do asturiano, apesar do azar que teve no início do percurso.

Fechando o top 10, está Kevin Magnussen, como o melhor representante da Haas. As corridas que Sebastian Vettel perdeu, devido à Covid-19 provavelmente foram fundamentais para ele não aparecer entre os 10 primeiros.

Leia Também: GP da Hungria – Russel na pole position e resumo do grid

Fonte: Motorsport

Deixe uma resposta