GP da França 2022 – Dia ruim para Leclerc e resumo da corrida

Circuito GP da França
Circuito GP da França – Foto: Divulgação/Internet

O GP da França teve algumas surpresas, como por exemplo, dar tudo errado para a equipe da Ferrari. Charles Leclerc largou na pole-position no Grande Prêmio e conseguir resistir aos ataques de seu rival, Max Verstappen.

Um erro acabou tirando Leclerc da corrida. Na volta 18, o carro de Charles Leclerc rodou na pista e colidiu com as proteções. Isso aconteceu sem a interferência de nenhum outro piloto, sem toques em outros carros ou algo do tipo.

Leclerc disse através do rádio que o acelerador do F1-75 havia travado, o que teria causado o acidente do monegasco. Após a corrida, Charles acabou admitindo que poderia ter sido um erro dele e não um problema técnico do carro.

Com o abandono, Verstappen não teve dificuldades para vencer a sétima corrida do ano e abrir uma vantagem ainda maior no campeonato de pilotos.

Para completar o dia ruim para a Scuderia, Carlos Sainz largou da última fila e, em corrida de recuperação, foi punido em cinco segundos depois que a equipe liberou o espanhol de forma insegura nos boxes. Depois de pagar a penalidade nos boxes, Sainz terminou na P5.

Leia também – GP da França 2022 – Mercedes não tem resposta para a diferença de tempos para Leclerc

Leia também – GP da França – Charles Leclerc larga na pole

Resumo do GP da França 2022

GP da França 2022
GP da França 2022 – Foto: Divulgação/Internet

Mesmo sem conseguir competir com as rivais Ferrari e Red Bull, a Mercedes teve um dia sólido em Paul Ricard. Lewis Hamilton conquistou seu quinto pódio seguido, mas desta vez na segunda posição – foi a primeira vez que a Mercedes subiu ao pódio na P2 nessa temporada, em todas as outras ocasiões de 2022 a equipe alemã foi P3..

George Russell travou uma boa disputa com Fernando Alonso na primeira volta do GP. O bicampeão mundial chegou a superar o piloto da Mercedes, mas Russell retomou a posição alguns giros depois.

Nos estágios finais do GP, Russell e Perez disputaram na pista a última posição do pódio. Mas um safety car virtual, depois que Ghanyu Zhou parou na pista, mudou a situação. Russell se manteve bem dentro do delta e atacou assim que o sinal verde foi mostrado novamente. Com a manobra, Russell garantiu duas Mercedes no pódio pela primeira vez em 2022.

A dupla fez contato na curva 8 enquanto disputavam a posição, fazendo com que Perez fosse para fora da pista. Os comissários analisaram o incidente, mas não houve penalidade.

Fernando Alonso, da Alpine, foi o sexto, à frente do McLaren de Lando Norris.

Esteban Ocon foi o oitavo, conseguindo pontuar depois de ser penalizado por cinco segundos no início da corrida devido ao contato com Yuki Tsunoda na primeira volta.

Daniel Ricciardo foi nono, com Lance Stroll garantindo a última posição na zona de pontuação, depois de aguentar os ataques do seu companheiro de equipe Sebastian Vettel na última volta.

Juntando-se a Leclerc e Zhou, Yuki Tsunoda, Nicholas Latifi e Kevin Magnussen também abandonaram a corrida.

A Fórmula 1 retorna na próxima semana com o Grande Prêmio da Hungria, 13ª etapa da temporada 2022.

Fonte: F1 Mania

Deixe uma resposta