Mudanças nos Carros da Fórmula 1 2022.

Mudança de conceito nos carros da Fórmula 1 2022 promete retorno do efeito-solo e design bem diferente das temporadas anteriores

É comum com o passar dos anos a Fórmula 1 realizar mudanças consideráveis de regulamento, visando segurança, sustentabilidade e obviamente a competitividade, afetando não só a dinâmica das corridas, mas também os carros. Seguindo esta linha, a Fórmula 1 2022 terá grandes mudanças, iniciando uma nova geração de carros, com grandes alterações no desenho dos carros com o objetivo de aumentar a quantidade de ultrapassagens nas corridas, aumentando por consequência as disputas na pista e na tabela de classificação.

Rodas maiores, bicos mais longos, aerofólios com novo design são as mudanças mais aparentes para o carro da nova temporada. Mas não para por aí, pois o combustível também será alterado, visando uma maior sustentabilidade.

Carros da Formula 1 2022: Rodas maiores, bicos mais longos, aerofólios com novo design. Foto: Divulgação/Formula 1
Carros da Formula 1 2022: Rodas maiores, bicos mais longos, aerofólios com novo design. Foto: Divulgação/Formula 1

A mudança mais visível nos carros da Fórmula 1 2022 está na aerodinâmica. Aerofólios totalmente remodelados, cheios de curvas e de asas, tudo para reduzir a turbulência para o carro que vem atrás. Outros itens adicionados para reduzir a turbulência são as calotas nas rodas e protetores sobre as rodas dianteiras, que ajudam a direcionar o ar. Com isso os carros poderão andar mais próximos uns dos outros pois quem se aproxima por trás não perderá velocidade e as ultrapassagens devem se tornar mais frequentes.

Aerofólios totalmente remodelados, cheios de curvas e de asas. Foto: Divulgação/Formula 1

Para compensar a perda de pressão aerodinâmica exercida pelos novos aerofólios, a Formula 1 2022 contará com a volta do “efeito-solo” na aerodinâmica dos carros. Trata-se de fazer com que a maior parte do ar que passa em baixo do carro saia por um único ponto na traseira, mais estreito mais alto do que o ponto de entrada.

A Formula 1 2022 contará com a volta do "efeito-solo" na aerodinâmica dos carros. Foto: Divulgação/Formula 1
A Formula 1 2022 contará com a volta do “efeito-solo” na aerodinâmica dos carros. Foto: Divulgação/Formula 1

Outra novidade para a nova temporada está nos pneus que, a pesar se seguirem fornecidos apenas pela Pirelli, passam a ser de 18″. A mudança tem o intuito de reduzir o aquecimento e desgaste, fazendo com que sejam necessárias menos paradas.

O olhar para a sustentabilidade resultou na mudança do combustível. O novo composto, chamado E10, conta com um acréscimo da quantidade de etanol, passando a ser de 10% da mistura, frente aos 5,7% usados até 2021.

Os pneus passam a ser de 18″. Foto: Divulgação/Formula 1

Alguns elementos foram alterados pensando na segurança dos carros da Fórmula 1 2022. Os chassis são mais robustos e possuem a capacidade de absorver 48% a mais de impacto frontal e 15% a mais de impacto na traseira. Já o nariz do carro ficou mais largo e comprido para ajudar a dissipar a energia ao colidir. Os pneus maiores também tem a função de aumentar a aderência com o solo e permitir um maior controle, além de frenagens mais eficientes. As unidade de potência foram projetadas para se separar do carro em um acidente mais forte junto com a célula de combustível, que recebeu uma maior proteção para evitar explosões ou incêndios.

O nariz do carro ficou mais largo e comprido para ajudar a dissipar a energia. Foto: Divulgação/Formula 1

Ainda falando sobre as unidades de potência, elas tiveram mantidas suas mesmas especificações híbridas com motores 1.6L V6 Turbo e devem permanecer pelo menos até 2025 quando a Formula 1 planeja realizar novas mudanças. Essas novas mudanças passam inclusive pela entrada de novos fornecedores de unidades de potência como a Volkswagen e a Audi que, a pesar de serem do mesmo grupo, estão planejando entrarem como marcas distintas fornecendo as unidades ou até mesmo como novas equipes no grid a partir da temporada 2026.

Foto: Divulgação/Formula 1

Com todas essas mudanças nos carros da Fórmula 1 2022 temos grandes chances de termos uma temporada mais competitiva, não apenas pelas alterações que visam isso, mas pela quantidade delas, o que dá um número muito maior de elementos para cada equipe e piloto se adaptarem ao novo conceito.

Veja também

Calendário da Formula 1 2022

Deixe uma resposta